segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Romantismo


Nos últimos 30 anos do Neoclássico surge um outro movimento: O Romantismo, onde o que prevaleceria seria a emoção, pela primeira vez na história da arte temos dois movimentos acontecendo ao mesmo tempo.
A parir do século XVI vemos a razão e emoção se contrapondo a todo momento, no século XIX surge o trem, as fábricas e a produtividade aumenta com a revolução Industrial, o surgimento da enciclopédia surge no Iluminismo que era composto por um conjunto de preceitos que constituem uma nova visão de mundo.
No Iluminismo a questão do indivíduo é muito forte, um dos seus pensamentos aponta a morte de Deus, o liberalismo, marxismo e o positivismo surgem nesse momento.
Alguns autores alegam que o modernismo tenha se iniciado a partir do Romantismo. O movimento romântico veio para romper o clássico, dando liberdade para o artista escolher o tema partindo daquilo que via.
"A era romântica de 1800-50 foi a idade da sensibilidade, pintores como Turner e Constable elevavam o status da pintura dando a cenas naturais ricas em cores e movimentos, nesse meio tempo do Romantismo temos a unificação da Itália e da Alemanha.
Alguns historiadores afirmam que Théodore Géricault (1791-1824) lançou o Romantismo na França com a pintura. A balsa de Medusa que foi inspirado em um acontecimento da época, um naufrágio que antecedeu um escândalo político, dos 149 tripulantes sobreviveram apenas 15.
Géricault entrevistou os sobreviventes para compor a obra, fez o máximo para ser autêntico.


"A balsa de Medusa, Géricaut 1818-19"




A linguagem dos corpos em luta contorcidos, diz tudo sobre a luta pela sobrevivência, tema que obcecava o artista, a pintura não estava mais ligada ao passado, a fama da pintura rompeu a camisa-de-força da academia clássica.
Embora tenha expostos publicamente apenas três trabalhos ao longo de sua carreira, Géricault deixou sua marca registrada, sua maneira de lidar com a tinta e criar cenas de luta deslanchou a era romântica na arte francesa.
Eugène Delacroix, tornou-se líder do movimento romântico após a morte de Géricault, o artista
pregava que para criarmos deveríamos sentir a agonia da criação, Frederic Chopin foi seu amigo.
Suas imagens eram carregadas de violência, uma de suas primeiras obras foi "Massacre em Chios", decidiu trabalhar com esse tema logo que soube dos turcos matando cristãos na ilha de Chios, os espectadores choravam quando viam o bebê mamando no peito da mãe morta.
Abaixo vemos a obra intitulada " A Morte de Sardanapalus ", Delacroix-1827,a pintura teve como base os versos do imperador assírio Sardanapalus, o artista retrata o exato momento em que servos executam as meninas do harém e os cavalos.






Os ingleses J.M.W. Turner e John .Constable tinham apenas um ano de diferença de idade, Constable acreditava que as paisagens deveriam se basear em observação, suas cenas rurais demonstrava seu amor pela natureza, devido à sua devoção pelas aparências reais, se rebeliou contra os tons cor de café então na moda para as paisagens, era comum ele colocar pontos vermelhos nas folhas retratadas para energizar o verde, abaixo vemos a obra " A carroça de Feno"-1821 de Constable.


A carroça de Feno"-1821 de Constable





Turner (1775-1851)
Filho de um barbeiro pobre de Londres, Turner faltava nas aulas da escola para fazer esboços
dos clientes de seu pai. Aos 12 anos vendia as aquarelas e aos 15 expôs na Academia Real.
Seu estilo foi se tornando gradualmente mais abstrato ao longo do tempo.
Chuva, Vapor e Velocidade ´-é uma pintura típica da fase em que Turner eliminou o detalhe para se concentrar na forma essencial de uma locomotiva em velocidade sobre uma ponte, vindo em direção ao espectador, o trem havia sido inventado 20 anos antes apenas.
Embora o artista jamais tenha se considerado um pintor abstrato, as pinturas encontradas após sua morte não contém temas reconhecíveis consistindo em apenas massas de cores radiantes.
Seus últimos trabalhos anteciipam a arte moderna, em que a pintura em si é o único tema.
Turner se isolou de todos em seus últimos anos de vida, inventou outro nome rejeitou belos preços por seus trabalhos e guardou as melhores pinturas, no leito de sua morte Turner pediu para ser levado até a janela para morrer vendo o pôr-do-sol. "(STRICKLAND, BOSWELL,1999)



Arquitetura

Os pintores e escultores não estavam aptos a abandonar os hábitos renascentistas de representação," os arquitetos por sua vez não estavam presos à essa limitação, por conta disso o reflorescimento de estilos persistiu mais em suas obras do que as outras artes.
Iniciaram também o reflorescmento gótico nas construções. O sentimento nacionalista foi fortalecido durante as guerras napoleônicas, o gótico expressava o nacionalismo de forma particular."(H.W. Janson,1999, p.314)
Em 1834 a reconstrução do Parlamento de Londres foi feita em estilo Gótico como podemos observar na figura ao lado. O apogeu da construção romântica aconteceu na obra Ópera de Paris que foi construída entre os anos de 1861 até 1874.



Escultura
No campo da escultura podemos dizer que os artistas tentavam adaptar o estilo neoclássico, o mais famoso entre os escultores para muitas pessoas foi o artista Antonio Canova, entre suas obras construiu uma estátua de Napoleão. Pauline Borghese que era irmâ de Napoleão permitiu ser esculpida como a Vênus reclinada como podemos ver na figura abaixo.



Pauline Borghese como Vênus. 1808







video




Fonte das Imagens
Acesso 11/01/2011



Nenhum comentário:

Postar um comentário