domingo, 3 de outubro de 2010

Barroco/ Rococó


O florescimento do Barroco

" A atmosfera cultural criada na Europa pela Reforma protestante e pela contra reforma católica, estimulou tendências artísticas diferentes das propostas do Renascimento.
A igreja católica, ao contrário dos protestantes, que aboliram imagens e pinturas de seus templos, atribui um papel especial à arte, explorando as emoções dos fiéis, na tentativa de fortalecer a fé.
Era preciso encontrar um estilo que causasse impacto e comovesse o espectador, alguns artistas do renascimento começaram a dar mais valor aos contrastes de luz e sombra, ao movimento a à cor.
Na península Itálica, na Espanha e em Portugal, onde a presença católica era forte, o estilo barroco foi empregado
na construção de palácios e na decoração de seus interiores, na pintura, na construção e decorações de igrejas, o barroco difundiu-se em todas as formas de manifestação artística, incluindo o teatro, música e literatura."(Divalte, 2002, p.123)


Acima vemos a obra intitulada "Êxtase de Santa Teresa , escultura de mármore de Gian Lorenzo Bernini, 1646-1652, relacionando um tema religioso, nessa escultura o artista retrata Santa Teresa de Ávila em um momento de êxtase ao ter uma visão.



Barroco- Era do ornamento

A arte Barroca (1600-1750) conseguiu unir as técnicas do renascimento e o maneirismo com a emoção, intensidade e a dramaticidade, fazendo do estilo barroco o mais ornamentado na história da arte, produziu gênios artísticos tais como Rembrandt e Velázques e expandiu o papel da arte para a vida cotidiana.
Artistas vinham de todos lugares, para estudar as obras primas da antiguidade clássica e da alta renascença em Roma.
A era barroca começou em Roma por volta de 1600, com ajuda financeira de papas que decidiram construir magnificas catedrais depois da contra-reforma, o movimento se expandiu para a França, os palácios passam a ser projetados para impressionar seus visitantes, a riqueza das colônias sustentava o luxo de jardins, mobiliário e a arquitetura", ao lado podemos ver o palácio de Versailles de Luís XIV.
Em países católicos, a arte religiosa florescia, nos países onde predominava o protestantismo, a pintura sobressaía tendo como temas a natureza morta,retratos, paisagens e cenas do cotidiano.


Nessa época foram fundadas academias de arte para ensinar aos artistas as técnicas desenvolvidas na renascença. Três artistas, em diferentes meios, representaram o ponto mais alto do barroco italiano: o pintor Caravaggio, o escultor Bernini e o arquiteto Borromini.

Caravaggio é considerado o pintor mais original do século XVII,injetou vida nova na pintura após a artificialidade do Maneirismo, conduzindo realismo, secularizou a arte retratando os santos como seres humanos comuns.
Muitos acham que ele foi longe demais quando pintou a "Morte da Virgem" usando um o corpo de uma afogada como modelo, o quadro foi comprado pelo duque de Mântua, pois foi rejeitado pela paróquia que o encomendara.
Muitos daqueles que encomendavam decorações de altares, se recusavam a aceitar suas versões, considerando-as profanas ou vulgares, para os grandes artistas como Rubens, Velázquez e Rembrandt, ele era audacioso inovador que lhes ensinou tornar a pintura religiosa hiper- real.

A conversão de São Paulo




" A morte da Virgem"


Acima podemos ver duas obras de Caravaggio, a primeira obra intitulada "A conversão de São Paulo, e logo abaixo vemos a obra intitulada " A morte da Virgem", em ambas as santidades são retratadas como pessoas comuns.



Basílica de São Pedro



Bernini passou a maior parte de sua vida trabalhando na Basílica de São Pedro, o ponto focal do interior é o altar com pálio, obra de Bernini, em bronze, marcando o local do túmulo de São Pedro, sob o dormo central.
Para dar um toque climático no ponto ao fundo da nave, Bernini criou a Cathedral Petri, para realçar a modesta cadeira de madeira de São Pedro.
Do lado de fora, projetou a praça cercada por duas colunatas, planejou as arcadas como se fossem braços maternais da igreja acolhendo os peregrinos na Basílica de São Pedro.





Borromini = Arquitetura Dinâmica

Filho de um pedreiro, trabalhou primeiro como cortador de pedra para Bernini,, mesmo em construções de dimensões modestas, combinava formas de maneira extraordinária, suas paredes pareciam ter vida.
Abaixo podemos ver uma imagem da fachada de San Carolo alle Quattro Fontane, 1665-67, a marca de Borromini é a superfície alternadamente convexa e côncova que criava alusão ao movimento.

O quadro "As Meninas", de Velázques foi eleito o maior quadro do mundo, " Picasso homenageou
essa obra com uma série de 44 variações sobre o tema, o quadro é um retrato da princesa Margarita aos cinco anos de idade, a obra mostra a constante preocupação do artista com o desenho e a composição.
Velázquez obtinha efeitos com pinceladas soltas que vistas de perto parecem desmanchar em borrões de tintas, para realizar esse milagre o pintor dava toques rápidos de tinta para sugerir a luz refletida, abaixo podemos conferir uma imagem da obra:














Fonte: Arte Comentada- STRICKLAND, Carol,Ediouro, p.61



Arte Rococó
O clima era leve, vivaz, superficial e cheio de energia. Basicamente servia para a decoração interior através de painéis pintados e enormes espelhos de parede. As formas consistiam em curvas sinuosas em formas de s e c.
O estilo era leve, gracioso e delicado. As cores utilizadas era o branco, prata, ouro e tons suaves de rosa, azul e verde."(STRICKLAND,BOSWELL,1999)
No século XVIII, as fachadas dos prédios continuavam barrocas, mas foram gradualmente substituídas pelo neoclássico, mas no interior dessas construções predominava o estilo Rococó.
Para muitos o rococó é a parte profana do barroco, abaixo vemos o interior do palácio episcopal, Wuzburg, 1719-44.
O rococó nasceu na França por volta de 1700," a profusão de luz é igual a dos tetos romanos, os grupos sólidos de figuras só existem ao longo das orlas requintando uma decoração ilusionista.
Na França, após a morte de Luís XIV, a nobreza se viu livre da vigilância real, construíam elegantes residências para si próprios, mais conhecidas como Hótes. os projetos e a decorações de interiores passaram a consistir a preocupação básica dos arquitetos. exigiam um estilo de decoração menos gracioso, o Rococó foi um refinamento em miniatura do Barroco elástico de Borromini e Guarini e fundiu-se de modo feliz com a arquitetura do Barroco Tardio austríaco e alemão.
Na França, a maior parte dos exemplos do estilo, como o Salon de la Princesse no Hôtel de Soubise são de escala reduzida que os da Europa Central; os afrescos do teto e a escultura decorativa dos palácios e igrejas são adequados para os interiores domésticos."( H.W.Janson,1996, p.284)








Arte Barroca

video



Arte Rococó

video




Fonte das Imagens
Acesso: 06/01/2011




Um comentário:

  1. ótimo texto, mas, para mim, o quadro "As Meninas" está mais para o estilo rococó do que barroco, uma vez que uma das marcas do rococó é a apresentação dos prazeres e ações da burguesia, embora as cores do rococó sejam mais leves. Como posso fazer para diferenciá-los?

    ResponderExcluir